quinta-feira, 14 de outubro de 2010

O QUE É HOTELARIA

A indústria do turismo é uma das que mais crescem em todo o mundo, e quem ganha com essa evolução é o ramo hoteleiro. Mas apenas ter um hotel não significa que os clientes vão cair do céu, que o negócio vai dar lucro. É preciso administração competente, como em qualquer outro negócio, e que respeite as peculiaridades do mercado. E, existe muito mais coisa nos bastidores de um hotel, do que se imagina.E, conceito de hotel vertical está mudando drasticamente. O turismo rural está trazendo consigo hotéis-fazenda, chalés, resorts e pousadas que precisam ser muito bem administrados. Há hotéis voltados para a saúde, como os spas, e até mesmo os psiquiátricos, que se distinguem das clínicas. A terceira idade também é focada por esse segmento. Há hotéis especializados para essa faixa da população. São construídos na forma horizontal, sem escadas, e oferecem uma alimentação especial e atividades direcionadas. Existem ainda os flats, uma excelente opção tanto para o administrador hoteleiro como para investidores. Um quarto confortável, comida boa e um pessoal de hotel atencioso podem trazer uma experiência agradável estando longe de casa, em férias ou viajando à negócios. Os gerentes de hotel e gerentes de assistente ajudam seus hóspedes a terem uma permanência agradável provendo muitos dos confortos de que se tem em casa. Adicionalmente, alguns hotéis têm estâncias termais de saúde e outros serviços especializados. Para viajantes empresariais, gerentes de hotel programam freqüentemente salas de reunião e equipamentos. Gerentes de hotel são responsáveis pela eficiente manutenção da operação de seus estabelecimentos, sem perder de vista sua lucratividade. Em um hotel pequeno,ou pousada com um pessoal limitado, o gerente pode supervisionar todos os aspectos das operações. Porém, em grandes hotéis podem empregar centenas de profissionais, e o gerente geral normalmente é auxiliado por vários gerentes assistentes nos seus departamentos. Em hotéis de todo tamanho, atividades administrativas variam significativamente. O gerente geral, por exemplo, tem responsabilidade global pela operação do hotel. Dentro de diretrizes estabelecidas pelos controladores do hotel ou executivos de uma rede de hotéis, o gerente geral fixa taxas de quarto, aloca capitais para departamentos, aprova despesas, estabelece padrões de serviços para os hóspedes, decoração, administração interna, qualidade de comida e operações de banquete. Os gerentes residentes são os que moram nos hotéis e estão à disposição 24 horas por dia, para solucionar problemas ou emergências. Em geral, entretanto, eles trabalham um turno de oito horas por. Em muitos hotéis, o gerente geral é também o gerente residente. A Governança assegura que os hóspedes se alojam e encontrem quartos e áreas comuns limpas e em ordem. Eles também treinam, programam e supervisionam o trabalho de empregados e inspecionam. Os gerentes de escritório coordenam reservas e tarefas administrativa, como também dirigem o pessoal d recepção. Eles asseguram que os hóspedes são tratados cortesmente, atendem reclamações e resolvem problemas, bem como verificam se os pedidos para serviços especiais são levados a cabo. Os gerentes de alimentos e bebidas dirigem os serviços de comida de hotéis. Eles supervisionam os restaurantes, bares, enfim, toda a área que envolve alimentação. Estes gerentes também supervisionam comida e preparação de bebidas, garçons, planejamento de cardápios, estimativa de custos e lida com os fornecedores de alimentos. Os gerentes de eventos coordenam as atividades de departamentos para reuniões, convenções e eventos especiais. Eles reúnem os representantes de grupos ou empresas, para planejar o número de quartos para reserva, a configuração desejada de hotel e os serviços de banquete. Durante a reunião ou evento, eles solucionam problemas inesperados e monitoram assegurar que as operações de hotel estão em conformidade com as expectativas do grupo. Os gerentes assistentes, no seu di-a-dia auxiliam nas operações do hotel. Em grandes hotéis eles podem estar responsáveis com atividades de pessoal, contabilidade, administração de escritório, marketing e vendas, compras, segurança, manutenção. Em hotéis menores, estes deveres podem ser combinados em uma posição. Alguns hotéis permitem para um gerente assistente tome decisões relativas à um hóspede. Os hotéis funcionam vinte e quatro horas por dia, todos os dias. Muitos gerentes de hotel trabalham mais de 40 horas por semana. Gerentes que normalmente moram no hotel têm horários de trabalho regulares, mas eles podem ser chamados para atender a qualquer hora. Gerentes de hotel às vezes experimentam pressões visto coordenarem um amplo conjunto de funções. Convenções e grandes grupos de turistas podem apresentar problemas incomuns. Além disso, lidando com hóspedes encolerizados podem ser estressante. Os hotéis têm enfatizado o treinamento especializado. No passado, muitos gerentes foram promovidos dos graus de balconistas, garçons e chefes de cozinha, e da área de vendas. Embora alguns empregados ainda cresçam na administração de um hotel, começa a ser requerido um melhor padrão educacional. Programas de administração de hotel incluem instrução em administração de hotel, contabilidade, economia, comercialização, administração interna, administração de serviços de comida e suprimentos e engenharia de manutenção de hotel. Pessoas diferentes podem se dar muito bem como gerentes de hotel, as suas características comuns são: iniciativa, autodisciplina, habilidades de comunicação efetivas e a habilidade para organizar e dirigir o trabalho de outros também estão essenciais para gerentes em todos os níveis. A maioria dos hotéis promove empregados que provaram suas habilidades e completaram sua educação formal em administração de hotel. Diplomados de hotel ou programas de administração de restaurante normalmente começam como aprendiz dos gerentes assistentes. Grandes hotéis e redes podem oferecer oportunidades melhores para avanço na carreira, do que em estabelecimentos pequenos. O turismo e a hotelaria estão crescendo a passos largos e não há mão-de-obra especializada para esse segmento. Portanto, é esperado que os empregos em hotéis cresça. Salários de gerentes de hotel e assistentes grandemente variam de acordo com suas responsabilidades e o segmento da indústria de hotel na qual eles são empregados. O aumento em viagens de negócios e turismo doméstico/estrangeiro dirigirão crescimento de emprego de gerentes de hotel e assistentes. Por sua vez, vai exigir dos profissionais da área, seu aperfeiçoamento profissional, habilidade em idiomas e muita criatividade, pois quando um setor econômico é percebido, existe uma massificação de investimentos, que podem no futuro desestimular pela grande oferta. fonte: marcio Mambert

Nenhum comentário: