CARREIRA E PROFISSÃO NA INDÚSTRIA HOTELEIRA

Profissionais de hotelaria trabalham em hotéis, pousadas, albergues e apart-hotéis para captar clientes, administrar o estabelecimento e prestar serviços de hospedagem, alimentação e lazer. Gerentes de hotel são responsáveis por todos os serviços de atendimento de hóspedes. Em grandes empresas do ramo, técnicos em hotelaria executam, sob sua supervisão, serviços de reserva, recepção, acomodação, informação e caixa. A estrutura do quadro de pessoal varia muito de acordo com o tipo e o porte do estabelecimento. Em pequenos hotéis ou pousadas, o gerente (ou mesmo o proprietário) pode ter uma equipe mínima e executar ele próprio a maioria das operações, supervisionando serviços de arrumadeiras e cozinheiras, fazendo reservas, recebendo hóspedes e fechando contas. Nos hotéis de grande porte, os gerentes têm assistentes ou chefes de departamentos sob seu comando, responsáveis pelos serviços de venda, relações públicas, recepção, convenções etc. As atividades dos profissionais de hotelaria incluem: - fazer contato direto com a diretoria para estabelecer padrões de administração do hotel, elaborando orçamentos e fazendo o planejamento estratégico - observar os padrões de qualidade dos serviços prestados pelo hotel - coordenar e supervisionar serviços de recepção, segurança, governança, bar, cozinha e lazer - coordenar o treinamento do pessoal - atender aos hóspedes para ouvir reclamações e providenciar soluções de emergência Técnicos em hotelaria exercem as seguintes atividades:

Na recepção: -dar boas-vindas e registrar os hóspedes -designar os apartamentos e fornecer as chaves -informar sobre os serviços disponíveis no hotel e na cidade -informar as formas de pagamento das diárias e efetuar a cobrança -administrar o serviço de mensagens para os hóspedes -registrar comentários, ouvir queixas e críticas dos clientes e levar os problemas ao gerente

Na área de governança: - observar os padrões de arrumação dos apartamentos - providenciar serviços para centros de convenções - providenciar serviços de manutenção e reparos - coordenar e fiscalizar os serviços de arrumação e ornamentação As condições de trabalho variam de acordo com o estabelecimento para o qual trabalham os profissionais de hotelaria. Como os hotéis funcionam ininterruptamente, é preciso trabalhar durante finais de semana e feriados, inclusive à noite. Gerentes têm jornada de trabalho longa e irregular. Alguns moram nos hotéis que administram e estão permanentemente envolvidos com o trabalho que, às vezes, pode ser bastante movimentado.

Características pessoais exigidas do ocupante: - atenção a detalhes - capacidade de comunicação - capacidade de decisão - capacidade de liderança - capacidade de negociação - capacidade de organização - capacidade de pensar e agir sob pressão - criatividade - dinamismo - discrição - habilidade para trabalhar em equipe - paciência - simpatia Não existe exigência legal de qualificação. Dependendo do porte do hotel, é exigido ensino médio completo para recepcionistas e responsáveis por serviços de governança. Muitos hotéis exigem formação em Hotelaria. Nos hotéis de grande porte, profissionais que lidam diretamente com o público, como recepcionistas, telefonistas e caixas, devem falar inglês e, se possível, outro idioma. É preciso, ainda, saber usar computadores. As grandes redes de hotéis se queixam da baixa qualificação dos profissionais brasileiros e exigem dos gerentes o diploma universitário, que não tem que ser necessariamente de Turismo. Cursos no exterior valorizam muito o currículo. Além disso, é preciso total conhecimento das rotinas de um hotel, experiência em administração, noções sobre cultura e turismo de diferentes países, fluência em inglês e em, pelo menos, mais um idioma. Embora o setor hoteleiro esteja passando por uma crise em função da diminuição do fluxo de turistas (segundo dados da Embratur, em 2001 o Brasil recebeu 540.000 turistas a menos do que no ano anterior), o mercado de trabalho ainda é promissor para profissionais de hotelaria bem qualificados, que têm chances de fazer carreira nas grandes redes de hotéis cinco estrelas. Profissionais menos qualificados estão sujeitos à sazonalidade do setor: muitos hotéis costumam contratar funcionários temporários para trabalhar apenas nas épocas do ano em que o movimento de turistas é maior. Uma área nova que tem oferecido boas oportunidades é a de hotelaria em clínicas e hospitais. Os profissionais de hotelaria são contratados para cuidar da hospedagem dos pacientes, garantindo conforto durante a internação, enquanto os enfermeiros ficam responsáveis apenas pelos cuidados médicos. A faixa de salários varia muito de acordo com o tamanho e a complexidade dos serviços oferecidos pelo hotel ou pela pousada e por sua localização.
1 comentário

Mais lidos

GOVERNANÇA DE HOTEL

O CAFÉ DA MANHÃ DE UM HOTEL

O GERENTE DE ALIMENTOS & BEBIDAS