segunda-feira, 29 de julho de 2013

DONO DE HOTEL NÃO É HOTELEIRO?



Como assim, dono de hotel não é hoteleiro? Perguntas como estas tem enchido minha caixa postal de emails de várias partes do Brasil, estudantes e professores de hotelaria, e também proprietários de hotéis. O motivo do questionamento foi devido aos postes escritos de maneira  critica e que de alguma forma geraram controvérsias. 

Muito bem, irei explanar meu  ponto de vista.

Então vamos lá, hotelaria é uma faculdade das ciências humanas que abrange o âmbito das práticas e teorias acerca dos conhecimentos que tangem a administração de hotéis e eventos além de novos gêneros de hospedarias.

A hotelaria tem como finalidade atuar nas áreas de hospedagem, alimentação, segurança, entretenimento e outras atividades relacionadas com o bem-estar dos hóspedes.

Hoteleiro é um profissional que trabalha com empreendimentos hoteleiros, sendo estes: hotel, resort, pousada, albergue, flat.

Partindo deste principio em que todo dono de hotel não é hoteleiro e que todo hoteleiro  não necessariamente é dono de hotel, temos  os hoteleiros que por formação acadêmica, estudaram hotelaria e atuam como profissionais no dia a dia de um hotel.

A hotelaria também possui seu cunho administrativo e empreendedor, é ai que entra a controvérsia.

Um empresário do ramo de supermercados que constrói um hotel e o entrega para  uma administradora hoteleira por exemplo não poderia ser chamado de hoteleiro, mas sim de empreendedor.

E quando o proprietário insiste em querer colocar membros da família,parentes,  filhos de amigos como “ cabide de emprego”, o hotel sofre graves conseqüências, uma delas é o afastamento da clientela.

Hotelaria é uma atividade para poucos,ou o proprietário assume em todos os sentidos a postura  de hoteleiro, ou na melhor das hipóteses contrata um Gerente Geral Profissional. Vale lembrar que hotelaria é quase uma filosofia e/ou  A Arte de Receber Bem

Nenhum comentário: